5 de abril de 2011

Dois tópicos: de homofobia a voleibol.

1 - O jogador do Vôlei Futuro Michael Pinto dos Santos (poderia ser pior, poderia ser "Pinto de Jesus")declarou hoje ser homossexual e que teria sido humilhado e constrangido pela torcida do Cruzeiro, no jogo pela semifinal da liga de vôlei, em Contagem. Depois de ter passado o jogo inteiro tendo sido chamado de "bicha" e ter se sentido constrangido com o ocorrido, resolveu declarar na imprensa sua orientação sexual a fim de que situações como essa não se repitam.

Sem querer pagar de correto (afinal já chamei todos os jogadores/torcedores do Cruzeiro de "bichas/viados"), achei muito louvável a atitude do rapaz. Já tinha comentado antes em um dos podcasts que era essa postura que eu esperava do Richarlyson, porque dessa maneira seria uma excelente oportunidade para se suscitar o debate da homofobia no futebol.

Tá passando da hora de esse tópico ser debatido e entendido por todos os setores. Nós apoiamos um Brasil sem Homofobia, né?

2 - Não acho que combine time grande como o Cruzeiro investir em esporte especializado. Pode ser uma visão simplista, mas pra mim, torcida de futebol não combina com outros esportes. Fica aquela situação estranha de quando tem Copa Davis no Brasil e a torcida xinga o juiz de linha de filhadaputa e chama a boleirinha de gostosa. Por exemplo, para o segundo jogo dessa semifinal entre Cruzeiro e Volei Futuro, vão sair três ônibus gratuitos daqui para Araraquara para "apoiar" o time fora de casa. Agora pensem nos tipos Mafia Azul que vão até lá, saqueando as lanchonetes Fernão Dias afora, mexendo com as senhoras nos pontos de ônibus, todos disposição... Serio mesmo, não combina com o volei.

7 comentários:

R. disse...

Foi isso mesmo que comentei hoje de manhã vindo pro trabalho. Um dos problemas é misturar vôlei com futebol.
Tomara que a punição seja exemplar.

guega disse...

o negócio é que nego precisa inventar uma coisa a mais pra lavar dinheiro, meu povo. é simples!

P. disse...

Bâo é o Galo que não tem dinheiro nem pra lavar...

guega disse...

êeee galo réeei

J disse...

É que o Galo já é a própria lavanderia de dinheiro do BMG ;)

H. disse...

Essa semana eu deixei uma boa oportunidade de levantar o debate e desmistificar um monte de baboseira por puro cagaço. E foi exatamente quando percebi como é fácil a pessoa se tornar invisível e o assunto se tornar um tabu.

Parabéns ao mocinho!

É mesmo muito louvável a auto aceitação.

P. disse...

Reza a lenda que Richarlyson foi ameaçado de morte pela torcida do São Paulo, caso saísse do armário.